SP promove operação especial da lei antifumo em Campos do Jordão

Fiscalização será intensificada durante todo o mês de julho para garantir que os ambientes fechados fiquem livres da fumaça do cigarro

A Secretaria de Estado da Saúde irá intensificar a fiscalização da Lei Antifumo e promove durante todo o mês de julho em Campos do Jordão a “Operação Inverno”. As blitzes percorrerão os locais de grande concentração de público para garantir que a fumaça do cigarro não invada os ambientes fechados de uso coletivo.


Além das inspeções diárias, haverá operações especiais nos dias 3, 9, 17 e 31 de julho. Nestas datas cerca de 20 agentes se reunirão a partir do meio-dia na Praça do Capivari e percorrerão os estabelecimentos durante doze horas seguidas, em uma mobilização da Vigilância Sanitária Estadual em parceria com a prefeitura local.


“Campos do Jordão tem um aumento significativo de pessoas durante o inverno com a chegada de turistas. O cumprimento da lei registra níveis bastante elevados, mas é preciso redobrar a atenção para que a restrição ao fumo nos ambientes fechados continue sendo respeitada”, afirma Maria Cristina Megid, diretora da Vigilância Sanitária Estadual.


Desde o ano passado, quando a Lei Antifumo entrou em vigor, foram realizadas mais de 351.753 ações de fiscalização por parte da Vigilância Sanitária e do Procon, e aplicadas 776 multas em todo o Estado. O resultado demonstra uma adesão de 99,7% dos estabelecimentos vistoriados.


A Lei Antifumo proíbe fumar em ambientes fechados de uso coletivo, como bares, restaurantes e casas noturnas. A nova legislação alinhou São Paulo com a tendência internacional de combate aos males causados pelo tabagismo, principalmente em relação ao fumo passivo. E serviu de exemplo para diversos Estados e cidades do país, que vêm aprovando legislações semelhantes, por ambientes fechados de uso coletivo livres do tabaco. Quem quiser informar sobre o descumprimento da lei, pode fazer a denúncia por meio do telefone 0800 771 3541 ou pelo site www.leiantifumo.sp.gov.br.



Da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Saúde